domingo, 26 de abril de 2009

Livro "As Palavras Que Nunca Te Direi"


"As Palavras Que Nunca Te Direi" é o nome de um best seller fantástico de Nicholas Sparks.

Este autor é simplesmente único e envolve-nos em histórias fantásticas, nas quais o amor e a dádiva estão presentes, sem se preocupar com os finais felizes dos contos de fadas.

São narrativas que nos fazem pensar, que nos fazem desejar viver algo idêntico... tão intensamente como todos os personagens que nos retrata. Para quem quer começar a ler os livros deste autor, convém mencionar que alguns livros têm seguimento e por isso devem ter o cuidado de os ler pela ordem correcta para uma melhor compreensão da história.

"As Palavras Que Nunca te Direi" foi o primeiro livro que li deste autor e a partir desse têm se seguido todos os outros.
É uma história de amor emocionante!! Ao ler este fantástico livro, parecia que estava lá dentro da história a assitir a tudo!



Há amores que estão destinados a Ser...outros nem por isso.
Garrett envia para o mar uma garrafa com uma carta de amor para a sua falecida esposa como forma de exorcizar a sua dor.
Ironia do destino, essa carta será lida por Theresa que se apaixona pela sensibilidade de um homem que desconhece.

Assisti ao desenvolvimento daquele romance e pactuei com o sofrimento daquelas personagens que, por orgulho, não tiveram coragem para mostrar os seus sentimentos e deixaram ficar tanto por dizer, isto porque descobriram demasiado tarde que se amavam. Garrett acaba por morrer.

No final da obra Theresa tem apenas para recordar uma mão cheia de um amor fugaz (apesar de intenso) e todo o desespero do que poderia ter sido.

Quando perdemos alguém que amamos, e que veio fazer a nossa vida mais colorida, instala-se um desespero por todas as palavras amargas que foram ditas; pelas palavras venenosas que se infiltraram na nossa corrente sanguínea e fizeram adoecer o nosso sangue; pelas palavras que feriram mais do que punhais e dilaceraram todo o nosso ser.

Mas também nos dói, e muito mais, as palavras que ficaram por dizer. Quando alguém parte da nossa vida sentimos que nunca lhe demonstrámos o quanto a amávamos; que nunca lhe dissemos que a nossa vida era mais bonita, mais perfumada só porque ela ali estava; nunca lhe dissemos que o seu vazio deixaria um buraco negro na nossa alma, difícil de preencher com luz.

E é tão simples...
Basta olhar nos olhos - porque estes são o espelho da alma - não ter pudor se uma lágrima teimosa cair e dizer «Eu amo-te».
Mas temos vergonha, achamos que é uma fraqueza mostrar a nossa fragilidade e os nossos sentimentos.

Recomendo a todas as pessoas românticas, como eu, que se deliciem e chorem com este livro!
E não só este livro, recomendo vivamente todos os livros deste escritor, pois são verdadeiras lições de vida!!

2 comentários:

lurdeskida disse...

Oii kida adorei este seu cantinho ficou muito fofo,se quiseres faço-te um link e um award para pores ai na lateral.Se quiseres manda email a dizer que eu faço com todo o gosto.Agora tenho imenso tempo disponivel e faço-o com todo o carinho.Beijoquinhas doces kida

. Rita disse...

É impossível não gostar deste livro...!